macaco a bocejar
Camboja

Camboja | Justifica-se um Seguro de Viagem?

Quando me encontrava a planear a minha visita ao Camboja tentei procurar saber, entre outras coisas, como funcionaria a área da Saúde neste país e como tal, se se justificaria ou não fazer um Seguro de Viagem. Como encontrei muito pouca informação verdadeiramente útil sobre o assunto, resolvi escrever este artigo para elucidar todos aqueles que se podem deparar com as mesmas dúvidas com que eu me deparei.

Antes de mais, a conclusão a que cheguei é que sim, este é um dos países para o qual se justifica fazer seguro.

Aconselho o Seguro da IATI que foi o que eu usei e que podem adquirir através do meu blog com 5% de desconto.

E então, porquê ter feito um seguro de Viagem para visitar o Camboja? Aqui vos apresento o meu TOP 5 das principais razões:

  1. Uma das questões era a própria segurança. Apesar de nunca me ter sentido propriamente insegura, sabia que os roubos são comuns neste país e queria um seguro que me garantisse alguma mais valia no caso de me roubarem coisas de valor como o telemóvel ou a máquina fotográfica. Podes ler mais sobre a Segurança no Artigo “Camboja: O que saber antes de ir”.
  2. Outra questão é que estes países do Sudeste Asiático com alguma frequência são afetados por fenómenos naturais como furacões e tsunamis e queria que o cancelamento da viagem fosse possível, no caso de algum destes surgir.
  3. Os voos. A viagem que eu fiz para o Camboja incluiu não só o Camboja como também o Vietnam, num total de 3 semanas e 8 voos (um de ida, um de volta, e 6 voos intercidades). Bastava um deles ser cancelado que o resto da viagem ficaria comprometida, pelo que não queria arriscar que o dinheiro que já tinha gasto fosse em vão.
  4. Os hospitais no Camboja são bastante básicos, pelo que se surgirem lesões ou doenças mais graves, os doentes podem ter de ser transportados para cidades de países vizinhos como por exemplo Bangkok, capital da Tailândia. Sem um seguro de saúde este transporte de um doente mais crítico pode ficar nuns bons milhares de euros que sairão a 100% do bolso do doente (algo que terás garantido com o seguro de viagem).
  5. O trânsito. Os países do Sudeste Asiático são particularmente conhecidos pelo caos das suas estradas. O Camboja, apesar de não chegar aos níveis do seu vizinho Vietnam, tem também o seu bom qb de confusão, com a agravante que as regras de trânsito são completamente inexistentes. Em muitos lugares não há faixas, não há semáforos, e até os passeios servem para uma mota passar. Os acidentes são comuns, e é particularmente fácil alguém ser atropelado.

Ainda tens dúvidas? Lê os restantes artigos que escrevi sobre o país. Se ainda assim tiveres perguntas para as quais não encontraste resposta, podes entrar em contacto comigo que responderei a todas as que conseguir!

macaco a bocejar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *